A Boa Carne

Saúde Benefícios da carne vermelha

Por Ana Paula Ferreira em 13/03/2014

Ela deve ser consumida apenas três vezes por semana, preparada sem as camadas de gordura. Conheça todos os benefícios da carne vermelha e qual é a melhor forma de consumi-la



Texto: Revista VivaSaúde especial Tireoide e Metabolismo / Foto: Danilo Tanaka / Adaptação: Ana Paula Ferreira

Prefira sempre consumi-la assada, grelhada ou cozida. Evite ao máximo prepará-la frita.

Foto: Danilo Tanaka

Qual brasileiro não aprecia e aprova um bom churrasco? A carne vermelha é uma preferência nacional, e, para completar, traz ótimos benefícios para a saúde se consumida da forma correta. Inclusive, ela tem diversos benefícios para o funcionamento da tireoide, devido a sua composição nutricional. Mesmo sem ter o iodo em sua formulação, outros minerais importantes estão presentes nesse ingrediente, como o selênio. Alguns cortes de carne chegam a ter entre 19 e 23 microgramas a cada 100 gramas. Essa substância tem um grande poder antioxidante, o que ajuda a blindar a glândula e ainda atua na conversão do hormônio tireoidiano T4 em T3 nas células do nosso corpo, ou seja, sua falta pode trazer sintomas de hipotireodismo ao corpo, portanto vale a pena ter fontes naturais desse nutriente na dieta. Ele também compõe uma enzima chamada de deiodinase, que controla níveis de T3 no organismo.

Outro item que a carne bovina tem para dar e vender é o zinco. Aliás, chega a ter mais até do que precisamos: 109% da nossa necessidade diária do mineral. O nutriente tem um papel semelhante ao selênio, ao participar da conversão dos hormônios da tireoide na célula. E o alimento traz bastante ferro em sua composição, mineral que normalmente fica em falta em quem apresenta o quadro de hipotireoidismo, e a absorção desse item é muito maior quando ele é ingerido através das carnes, chegando a ser seis vezes mais do que os alimentos de origem vegetal.

Modo de usar: o ideal é que a carne vermelha seja consumida apenas três vezes por semana, sendo intercalada com peixes e frango, por exemplo. Como toda a gordura saturada está na gordura aparente, opte por preparar esse item retirando essas camadas. E prefira sempre consumi-la assada, grelhada ou cozida. Frita? Evite ao máximo!
Ela não é inimiga da saúde

Mas muita gente ainda acha que carne vermelha é sinônimo de problemas para o funcionamento do nosso organismo. Isso até já foi verdade, quando os bois eram alimentados no pasto e sua dieta resultava em um grande acúmulo de gordura. Porém hoje a carne bovina é bem mais magra, e traz uma quantidade de proteínas não só alta, mas que também é mais bem aproveitada e absorvida durante a digestão. Além disso, é de alto valor biológico, já que nos oferece todos os aminoácidos necessários, até mesmo os que o corpo humano não produz sozinho. Portanto, a recomendação de três bifes por semana é muito indicada.

Fonte: http://revistavivasaude.uol.com.br/guia/beneficios-da-carne-vermelha/1024/

Veja mais sobre Saúde

  1. Como a carne bovina contribui para a nutrição humana?

    É um alimento rico em nutrientes, com substâncias fundamentais para o crescimento e desenvolvimento humano. É o alimento que contém...

  2. TUDO QUE VOCÊ QUERIA SABER SOBRE A CARNE BOVINA.

    Como a carne bovina contribui para a nutrição humana? Vanessa Dacorso: "A carne vermelha é de grande importância para a nutrição...